Conheçam a Saga Vale dos Elfos.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Música e crítica social.



Mozart treme na tumba,
Enquanto “tiutiucas”,
Potrancas e cachorras
Rebolam em uma “música”
Desafinada, horrível,
E carregada de pornografia e luxúria.

É a total banalidade, fala-se de nada,
E o foco principal,
Desse estilo ruidoso, é o tamanho da bunda.

E isso vende como água no deserto,
Como se a sociedade já não fosse
Superficial o suficiente
E precisasse de mais
Palhaçada e menos cultura.

E talvez seja esse o plano,
Criar uma sociedade de
Cabeças ocas e massificadas,
Que não pensam o mundo a sua volta,
Não são críticos, e só trabalham
Vivem e comem como animais
E não pensam em nada.

E a cada dia fica pior,
E surgem mais músicas sem letra coerente,
Talvez, para que no dia da eleição
Se eleja mais um desses burguesinhos babacas.

E a música continua,
Ou pelo menos,
O barulho que hoje se denomina por música,
E enquanto isso criasse uma sociedade
De semi-analfabetos,
Que nunca leram um livro na vida
E não conseguem ler nem o que
Está escrito em uma simples placa.

Mas a cada dia surge um novo grupo
De desmiolados,
Um novo “bonde” de algum novo animal,
E que faz sucesso nas paradas.

Ao invés de pão e circo,
O nosso povo tem silicone,
Peitos e bundas a mostra,
Em conjunto com letras sem sentido.

E os problemas continuam
Enquanto os tolos babam,
E se esquecem que as mulheres frutas
Não vão prover educação
E nem os direitos básicos aos seus filhos.

E a cada filho que a sociedade
Põe a margem
A criminalidade abraça e convida.

E ai, quando um burguesinho morre,
Vítima de bala perdida,
Sai um bando de trouxas com camisas brancas
No meio da rua, pedindo paz e justiça.

Mas ninguém pensa em realmente educar
Aquela criança abandonada,
E a escola a instrui para ser somente
Uma engrenagem em uma grande máquina,
Para varrer rua, ser Office Boy, ou fazer faxina.

E querem que o menino pobre
Fique agradecido e seja comportado,
Tendo em mente essa perspectiva de vida.


Átila Siqueira.


"Aproveito a oportunidade para mostrar uma das ilustrações internas que o artista plástico Wander Lara produziu para o meu livro, Vale dos Elfos II, que será lançado no dia 08 de fevereiro. Espero que gostem da postagem e da ilustração".

4 comentários:

Lucas Lopes Valadares disse...

Ótima postagem Átila.
O momento da musica nacional sugere tornanr banais alguns valores que tentamos preservar.

A ilustração está ótima e estou ancioso pelo livro!

Um Abraço!

Dauri Batisti disse...

Ae amigo,

vim agradecer a visita ao ESSAPALAVRA e encontro um escritor, de livros publicados. Pois bem, parabéns pela obra, pelo trabalho. Fiquei satisfeito com sua delicadeza em deixar um recado sobre meu texto. Volteremos a nos falar. Um abraço

LICÍNIO SOUZA disse...

as ilustrações tem um contraste leve e tranquilo.

Experimentem fazer alguns testes com referencias fotograficas, pedindo a algum amigo para posar. Na cena em q uma mulher aparece morta no trailler 2 de Grinmelken (O Senhor das Sombras) usei a foto de uma prima minha e o resultado ficou mto realista.

sucesso!,
licinio

Fátima Venutti disse...

Agradeço sua visita aomeu blog, à leitura de meu poema e comentário. Retribuo aqui passeando em seus escritos e parabenizando seus textos. Adorei.
Abraços e SUCESSO, SEMPRE!