Conheçam a Saga Vale dos Elfos.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Minha Eterna Rainha.


Hipnotiza-me
Com teu olhar.
Enlouquece-me
Com teu corpo.
Embriaga-me
Com teu cheiro.
Leva-me
Ao sublime prazer.
Leva-me
Ao mais intenso gozo.

Toma conta
De minha vida.
Apoderas-te
De minha existência.
Faz-me teu escravo.
Faz-me teu servo.
E deixa-me louco.

Tu és minha musa
Eterna e amada.
Tu és,
E sempre serás
Minha dona.
E eu sempre serei
Teu eterno escravo.

Faz da minha alma
Tua marionete,
E do meu coração
Teu brinquedo.
Usa-me como quiser
Sem nenhum receio.

Seja minha Eterna Rainha,
E eu serei
Para sempre seu,
Mesmo no céu,
Ou no inferno,
Pois esse é
O meu maior desejo.

Átila Siqueira.

"Aproveito a oportunidade para indicar o blog da minha querida amiga Mai, que se chama Inspirar-Poesia, e que é um espaço excelente, que recomendo a todos".

17 comentários:

Mai disse...

Lindo, Átila. Uma espécie de
poema-tributo de um súdito à sua Rainha.

Um súdito implorando que todo flagelo do amorlhe seja aplicado.
E que 'sofrer' haveria em cada beijo, cada abraço, cada carícia e no gozo dos corpos perdidos de amor?

Não tem como não dizer que é mesmo
lindo.

Beijos.

FRAN "O Samurai" disse...

Fala amigão!

Belo poema! Me senti um escravo do amor agora! Hehehe, meio dominador mas gostei muito.

Interessante.

Abraço.

Luciana disse...

Linda postagem Átila não podia deixar de vir aqui e comentar, vou no Blog da pessoa que tu indicou para dar uma olhada ok?


Abraços.

viva ou exista disse...

estive ausente por um tempo


devido a grande correria do mundo moderno pós-crise financeira mundial ...
hauahauha

pois bem,
cá estou e este blog continua cada vez melhor

muito show esse post
palavras mais que belas

agora deixe-me ir que tenho vários outros posts teus para ler, que ficaram para traz devido a minha ausencia por aqui

abraço átila

YuriKing disse...

oi

keria saber se o seu livro vai ficar a venda na bienal.se for vender,keria saber se vai ter um estande de sua editora no rj.

ps:visite meu blog.ta meiu vazio e kero fazer uma postagem sobre um livru legal.

http://fanbooks.blogspot.com

Cristiane disse...

Caro Átila,
Vi aqui é certeza de ler belas palavras! Parabéns !
Tudo bem com você?
Um bom Carnaval!
Paz, saúde & alegrias, Cris

Café da Madrugada® Lipp & Van. disse...

Olá! Obrigada pela visita e pelo comentário! Ficamos felizes.
Também gostamos do seu espaço!
Escreve coisas muito belas.
Cheias de sentimento, expressividade e aquele ar místico!

Estamos acompanhando já.
Beijos.

Késia Maximiano disse...

Aaaahhh Atila... Como é gostoso de ler tudo q vc escreve...

...

Beeeeeeeijo

Frαncy; disse...

Adorei o poema, como sempre né!
Cheio de amor, que lindo! *-*

Como você tá?
Faz tempo que não conversamos. Sumiu! rs



beijo!

Luciana disse...

Oi Átila, sou louca pelo filme Doce Novembro, já assisti 3 vezes e se passar de novo na televisão assisto de novo, eu entendo a ausência nem te preocupa.
Tem um filme que eu não posso ver mais que é o filme O Campeão com o menino loirinho e o pai lutador esse realmente eu entro em depressão.


Bjs.

(¯`·._.·[***Celina***]·._.·´¯) disse...

Parabéns pelo blog, dentre outras coisas, amo poesia.
Bjobjo
Luxos e Luxos - moda, beleza, poesia e afins

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Átila;
O seu poema é realmente muito bonito, muito sentido. Estou um pouco chateada, pois vi vc comentado em Blogs de amigos e vc nunca mais apareceu nos meus. Já fiz nova postagem no Galeria hj e você nem comentou o post anterior.
Renata Cordeiro

Conde Vlad Drakuléa disse...

Meu amigo, excelente poesia essa!!! Fantástica!!! E tens toda a razão, a Mai é única e fantástica também, adoro o blog dela :)

Grande abraço do conde :)

Tamires . disse...

Átila, meu querido!!!

Saudades tão grandes de vc!
Por onde andas?
Nem lembra mais de mim, rs!

Que poema lindo vc dedilhou aí. 'Minha eterna Rainha'. Belo, como tudo o que vc escreve.
O desejo que canta em uníssono pelo amor. Em busca do 'mais', que é eterno. Uma entrega tão bonita de se ver, que quem te inspirou, tenho certeza que neste momento encontra-se a flutuar.

Deixo um beijo, com cheiro de saudades.

Te adoro, muito.

Beijos!

Carla Silva e Cunha disse...

ola
vim ca para deixar um beijinho
espero que esteja tudo bem
adorei o poema, um belo convite
lindo...
beijos grandes

Carla Silva e Cunha disse...

ola
vim ca para deixar um beijinho
espero que esteja tudo bem
adorei o poema, um belo convite
lindo...
beijos grandes

Carla Silva e Cunha disse...

ola
vim ca para deixar um beijinho
espero que esteja tudo bem