Conheçam a Saga Vale dos Elfos.

terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Postagem de Ano Novo.



Hoje venho aqui fazer a minha última postagem de 2008. O ano está acabando. Mas não posso simplesmente vir aqui e desejar a todos um feliz ano novo, devido ao fato de que uma coisa terrível está acontecendo no mundo. O Estado de Israel continua a atacar a Palestina com toda a sua artilharia pesada.

Será que já não é o suficiente eles terem invadido a terra que não lhes pertence, agora eles também vão fazer essa crueldade? Bom, como podem perceber, eu sou um militante anti-sionista. Acho uma covardia o que o Estado de Israel tem feito no decorrer da história. E se eles estivessem realmente com a razão de realizarem essa guerra, ainda sim seria uma covardia, pois o fato é que eles estão revidando em uma proporção que não tem cabimento.

Ao meu ver, o Estado de Israel é algo ilegítimo, construído a partir de alegações que ao meu ver já não fazem mais sentido. E eu acho terrível essa coisa dos judeus ficarem se fazendo de coitadinhos, dizendo que eles foram perseguidos na segunda guerra, e que 6 milhões deles foram mortos.

Muitos outros também foram mortos, e, nem por isso, eu não vejo ninguém chorando por isso. Morreram 20 milhões de soviéticos, e nem por isso eu vejo essa choração para legitimar ações cruéis, como as que o Estado de Israel vem fazendo com a Palestina.

Muitos outros já foram perseguidos, mas isso não é motivo para fazer esse tipo de coisa, tentar criar um Estado a ferro e fogo, tirando quem já estava lá antes. Ao meu ver isso é errado.

Peço desculpas aos meus amigos blogueiros, mas isso estava engasgado em minha garganta. Desejo a todos um feliz ano novo, mas que 2009 seja um ano com muito menos injustiças.

Átila Siqueira.

18 comentários:

Patty disse...

É querido poeta,
É complicado desejar Feliz Ano Novo quando tantas pessoas estão envolvidas na dor, mas vamos desejar que a paz abrace o mundo. Precisamos dela.

Desculpe a ausência, viu? Saudade de você. Beijo e muita inspiração em 2009.

Mai disse...

Olá, Átila.

Questões políticas à parte, teu texto fala de "injustiça"...
Mais que isto, teu texto traduz as dores que, de tão lancinanates e graves, já não há como leni-las...
Mas tens razão, porque de novo assistimos, impotentes, as lutas, o poder, insistindo em submeter.
Pelas dores da guerra, Átila, talvez o que possamos fazer, seja isto que propões, em teu espaço: Uma reflexão e um pensar...
Ai, é só calar se indignar e agir, naquilo que nos for possível.
Bem, eu sempre fui uma revolucionária. Desde menina, eu defendia os mais fracos e, por vezes, apanhava em seus lugares...
Mas eu era corajosa (ainda sou) e, seguia gritando e protestando...
Descobri, mais tarde, que haviam outras maneiras de fazer revolução - pela via da palavra...
É isto o que vejo e leio, aqui.
Muitas coisas mudaram no mundo, através da escrita.
A crença em um pensamento mítico no qual, nada havia que ser feito, pela escrita, foi transmutado no que se definiu como Filosofia.
Um saber racional que, de forma autônoma e racional, reflete e critica a realidade.E, esta realidade que tu denuncias aqui, neste espaço de poesia, é uma realidade dura, sanguinolenta e injusta.

Eu, embora triste pelas imagens e as notícias, sempre creio que algo se dará, porque outros petas e pensadores como tu, também alertam-nos para a importância do momento.


Que 2009 nos aproxime, que façamos muitos amigos, que consigamos semear mais poesia e paz!

Átila, carinho e admiração.
(peço desculpas pelo modo apaixonado com o qual escrevi. Mas, foi o teu texto que me inspirou.)

Lizzie disse...

Átila... Venho correndo para realçar meus votos de um Feliz 2009, cheio de saúde, paz e prosperidade...

Beijocas
www.lizziepohlmann.com

Cadinho RoCo disse...

Já estamos em 2009, ano que promete muito, ate porque no Brasil não é ano eleitoral e só isso já significa muito para que tenhamos um ano, digamos, mais limpo.
Cadinho RoCo

Miguel Barroso disse...

Desculpado e certo!




Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Frαncy; disse...

Pois é...
Eu sempre acho que nessa época Natal/Ano Novo as pessoas ficam tão esquecidas, algumas até hipócritas. Todos felizes, bebendo e comemorando, enquanto ainda existem milhões de pessoas sem nem um teto, ou em meio a uma guerra. Lamentável.

"Mas que 2009 seja um ano com muito menos injustiças" [2]


um beijo!

Iara-chan disse...

YO!! E ai primooo \o/.

Bem, não vou comentar sobre o post, hhehehe, você é um homem muito politizado primão ;D, e eu concordo sobre seu ponto de vista em relação a isto, por isso nem tenho o que comentar v.v

Eu estou doidinha pra ler esse livro seu^^, já estou juntando dinheiro! Deve serm bem legal! Eu vi que é o vol. um, certo? Quando sai os proxímos?

Bem, eu escrevo sim^^, mas sobre relações homosexuais. Vamos dizer que esta menina aqui se cansou de ver novela das oito. E bem, sei o que se passa na sua cabeça e já vou dizendo "não" sou hetero. hauhauhauah

Seu blog é muito legal, tem bastante coisa interesante ao contrário do meu, que só serve para informar as pessoas que gostam das coisas que faço na net sobre as atualizações. kk

E você pediu para te passar algo que escrevo né? Depois eu passo a minha fic xodô "Ai no Himitsu", mas fique preparado para o que você vai ler! Não se assuste, só vou betar os cap. pois estava escrevendo com muita pressa por causa da escola e trabalho e não corrigi os erros de português, e alem disso, tenho outro problema, o conteúdo das minhas fiction são boas, a história sabe? Mas estou com problemas para discrever, estou sendo muito objetiva, sem muito detalhes, ai as vezes fica um pouco seco.

Eu quero treinar mais para escrever uma história original, ou seja com os meus personagens, já tenho até um roteito com a historia, se você quiser depois te mostro \o/

Bjs primo, estou com saudades!
feliz ano novoo!!

P.S.: Isso não é um comentário, é um testamento v.v. Pensei em te enviar pelo orkut, mas a droga não está carregando T.T

Vivian disse...

...olá poeta!

você está coberto de razão
neste texto desabafo, e eu
assino embaixo sem pensar.

quanto a imagem de abertura
do meu blog, é uma imagem
do google que tenho guardada
há tempos.
se vc quiser, por favor escreva-me
passando seu email e eu lhe mandarei em seguida.
meu email encontra-se na lateral
logo abaixo do meu perfil.

um bj

Carolina Martins disse...

Oii^, tô de blog novo, o meu blog gotas diárias de sentimento será lugar para contos e assuntos menos pessoais.

Um beijo

Glau Ribeiro disse...

Olá Querido,

Realmente dizer "Feliz Ano Novo" depois do seu desabafo é contraditório demais. A gente vivendo aqui, relativamente numa paz sem fim, e o mundo pegando fogo. Ser humano que não respeita o ser humano.

Bora tudo pra fora mesmo. Alivia, por vezes.

Beijos!

=D

Ariana disse...

O que eu desejo pra todos é que esse ano tenha mais PAZ!


bjo

. fina flor . disse...

nenhum motivo justifica a guerra, meu caro!

beijos e feliz ano novo

MM.

Jaya disse...

E em 2009, não prevejo diferenças.
Mas, sonho.

Beijo, Átila.

Feliz todos os teus dias.
(:

Pelos caminhos da vida. disse...

Tudo bem com vc Atila?

Vou postar um poema seu no blog:amigos na blosfera ok??

Segunda-feira de luz amigo.

beijooo.

Pelos caminhos da vida. disse...

Acabei de fazer uma postagem sobre o seu livro amigo no blog:
http://amigosnablogsfera.blogspot.com,eu tenho participação nesse blog,esta divulgado lá.

Um gde abraço.

beijooo.

O que mais precisar de mim é só falar,se quizer que eu divulgue em outro blo meu pode falar tb.

Pelos caminhos da vida. disse...

Tem selinho la para vc.

bjs.

naná disse...

Átila, amigo, sábes que en tus palabras me encuentro; es muy serio lo que está pasando y el sufrimiento de esa gente, lo que está ocurriendo, me es difícil creer que no se pueda impedir, es un asesinato a la vista de todos, una injusticia, una más entre tantas, por desgracia. Deberíamos unirnos, manifestarnos, en cada país, no solo un día, todos los días, levantar la voz; ¿por qué si la mayoría no quiere la violencia,ni la guerra, no nos van a escuchar?
Un abrazo.
naná

Jacinta Correia disse...

Infelizmente, se quisermos escrever sobre conflitos e guerras, há sempre tanto a dizer. O homem edifica o seu mundo com armas, depois as consequências são a destruição e o sofrimento. Aqui, nos nossos blogues, podemos lutar com palavras e é sempre bom fazê-las correr o mundo e desejar que em cada sílaba viaje um pouco mais de esperança. Pena os líderes mundiais nem sempre saberem olhar as palavras e interpretar seus sentidos... pintam tudo de escuro. De qualquer forma, nãp podemos desistir de enviar nossas mensagens ao mundo através das palavras. Desejo hoje, e sempre, que todos os povos possam ser "um povo" e que todas as nações possam ser "uma nação". Bom 2009. Obrigada pela visita ao meu blogue e pelas palavras simpáticas. Voltarei. um bj